LAR
         

Notícias

 

02/10/2020 - Superintendente e Gerente da Lar Cooperativa são os ganhadores do Prêmio Equilibrista e Revelação de Finanças 2020

01/10/2020 - LAR: Cooperativa agora tem universidade corporativa

04/09/2020 - Terceiro Frigorífico da Lar Cooperativa

27/08/2020 - Após 11 anos, indústria em Caarapó retorna às atividades

21/08/2020 - Cooperativismo: nasce a Lar Cooperativa de Crédito

14/08/2020 - Matelândia: município que mais gerou empregos no PR

16/07/2020 - Lar Cooperativa agora com três frigoríficos!

09/07/2020 - EM TEMPOS DIFÍCEIS, A UNIÃO CONTINUA!

17/06/2020 - Desafio do Quintal – Dia C - Dia do Cooperar em Medianeira será marcado por ação conjunta de combate ao mosquito da dengue.

02/06/2020 - NOTA À IMPRENSA


Anterior | Próximo

1

 

Matelândia: município que mais gerou empregos no PR

  14/08/2020

    Mais de 17 mil habitantes residem em Matelândia e praticamente a metade equivale ao número de funcionários da Unidade Industrial de Aves da Lar Cooperativa Agroindustrial no município. O frigorífico em operação desde 1.999 atualmente emprega cerca de 8 mil pessoas e contribuiu para que Matelândia se destaca-se no Estado e no Brasil durante o primeiro semestre de 2020, sendo a campeã no Paraná em geração de empregos com carteira assinada e ocupando a sexta posição a nível Brasil. De Acordo com o Ministério da Economia, de janeiro a junho 1.800 postos de trabalho foram abertos no município. Nesse período, a indústria da Lar aumentou o abate de aves em 17% e se reforçou contra o Coronavírus. Para isso, a Cooperativa precisou contratar 1.700 pessoas. “Aumentamos a produção, e também substituímos pessoas que, devido a pandemia, precisavam ficar em casa, em isolamento social”, afirmou o diretor-presidente Irineo da Costa Rodrigues.

    Tantas vagas geram oportunidade não apenas para Matelândia, mas para toda região. Laryanne Rodrigues por exemplo, recém-formada em Biotecnologia, encontrou na Lar o seu primeiro emprego e há cinco meses se desloca todos os dias de Foz do Iguaçu para trabalhar no controle de qualidade da indústria. Para atender a demanda de produção com abate de 342 mil aves/dia a Lar contrata pessoas de 14 municípios da região. Atualmente as principais origens são: Matelândia 2.271 colaboradores, Foz do Iguaçu 1.291, Medianeira 1.371 e Ramilândia 660.

    As oportunidades de trabalho geradas são nos mais variados cargos, desde auxiliar de produção, manutenção elétrica e mecânica, administrativo, controle de qualidade e áreas de apoio. A Unidade Industrial de Aves da Lar já iniciou novas obras ampliando a estrutura para o abate que também aumentará em 2021, um total de R$ 135 milhões de investimento. De acordo com a gerente industrial Lérida Fantin de Vargas o abate ampliará mais 35% e em julho de 2021 a Lar irá gerar outros 1.8000 empregos.