LAR
         

Notícias

 

20/04/2018 - Nota de Esclarecimento - Suspensão União Europeia

13/04/2018 - Lar entrega micro-ônibus para APAE de Medianeira

12/04/2018 - Conexão Mulheres reuniu 470 cooperadas em Medianeira

28/03/2018 - Lar Cooperativa realiza entrega de Jeep Compass 0km

22/03/2018 - Lar comemora 54 anos de fundação com sorteio de Jeep Compass 0 km

07/03/2018 - EM BRASÍLIA: Lideranças cooperativistas têm audiência com presidente da República

23/02/2018 - Lar Cooperativa forma 2ª turma no Programa de Certificação de Conselheiros

05/02/2018 - SANTA TEREZINHA: Unidade promove Dia de Campo

01/02/2018 - AGRONEGÓCIO EM ALTA: Dia de Campo em Maracaju - MS mostra potencial produtivo

30/01/2018 - AGO: Lar cresce 4,82% e faturamento chega aos R$ 5,06 bilhões


Anterior | Próximo

1

 

LAR: Nota com relação a Operação Carne Fraca

  20/03/2017

    Medianeira-PR, 19 de março de 2017

    DECLARAÇÃO

    A Lar Cooperativa Agroindustrial declara que tomou conhecimento, pela imprensa, de operação da Polícia Federal que investigou, por um período de dois anos, irregularidades em frigoríficos brasileiros.

    Declara, ainda, que em 17 anos de produção, industrialização e comercialização de carne de frango, a Lar sempre atuou no estrito seguimento às normas regulatórias – tanto para o mercado interno quanto para os países para os quais exporta seus produtos – e que em nenhum momento foi citada na referida operação. As matérias-primas utilizadas seguem, em quantidade e qualidade, rigorosos padrões e normativas definidas pelos órgãos sanitários.

    Os Fiscais Federais Agropecuários que atuam na fiscalização das atividades de produção de carnes da Lar Cooperativa Agroindustrial (SIF nº 4444) também não foram citados na referida investigação. São profissionais sérios, e, no exercício de suas atividades, sempre exigem o cumprimento das normas internas e internacionais.

    Ademais, em todas as auditorias do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – tanto em supervisões cujos auditores são de outras plantas e/ou até mesmo de outros estados, quanto em missões de outros países e/ou mesmo de clientes – a Lar sempre foi aprovada e recebeu elogios em relação à conduta séria e responsável pela qual operacionaliza o seu processo produtivo, visando a segurança dos alimentos. Certificações como GlobalGAP em nível de campo e das fábricas de rações, ISO 9001, British Retail Consortium (BRC) e Certificação Mc Donald’s no frigorífico, garantem que os processos são controlados e que os produtos são produzidos com alto nível de qualidade, o que possibilitou à Lar a oportunidade de exportar, nestes 17 anos, para mais de 67 países.

    A Lar Cooperativa Agroindustrial declara ainda que lamenta os fatos evidenciados em algumas plantas frigoríficas. Na operação foram três estabelecimentos suspensos e 33 servidores federais afastados. Por serem, portanto, fatos isolados, a Lar espera e atuará para que não influenciem na imagem e na reputação dos outros 4.834 estabelecimentos frigoríficos do Brasil, cuja grande maioria e, em especial, as Cooperativas, têm atuado no cumprimento das normativas e construído sua imagem através do envolvimento de grande número de pessoas, desde o pequeno produtor até os clientes consumidores do Brasil e do mundo.

    Irineo da Costa Rodrigues, diretor-presidente da Lar Cooperativa Agroindustrial